STJ - Recurso Especial n. 872.630 - RJ

Excesso de Prisão preventiva e indenização

more+
less-

Decisão do Superior Tribunal de Justiça que reconheceu ao réu o direito à indenização por danos morais, decorrentes da ilegalidade da prisão preventiva, seja porque após a persecução penal não foi provada a participação do réu no cometimento do delito, logo, ausentes indícios suficientes de autoria; seja porque a custódia cautelar excedeu em muito os limites da razoabilidade de seu tempo de duração.

O julgado também afirma que, a prisão preventiva, ainda que decretada legalmente, não deixa de apresentar características de “tutela antecipada em matéria penal”.

Decorre do fundamento do acórdão, que o excesso de prisão preventiva e a sua consequente ilegalidade, se dá tanto quando decretada sem que sejam observados os pressupostos indispensáveis, como também nos casos de manutenção da custódia cautelar por prazo excessivo.

LOADING PDF: If there are any problems, click here to download the file.

Written by:

Published In:

Reference Info:Decision | Brazil

DISCLAIMER: Because of the generality of this update, the information provided herein may not be applicable in all situations and should not be acted upon without specific legal advice based on particular situations.

© Arnaldo Quirino de Almeida | Attorney Advertising

Don't miss a thing! Build a custom news brief:

Read fresh new writing on compliance, cybersecurity, Dodd-Frank, whistleblowers, social media, hiring & firing, patent reform, the NLRB, Obamacare, the SEC…

…or whatever matters the most to you. Follow authors, firms, and topics on JD Supra.

Create your news brief now - it's free and easy »

All the intelligence you need, in one easy email:

Great! Your first step to building an email digest of JD Supra authors and topics. Log in with LinkedIn so we can start sending your digest...

Sign up for your custom alerts now, using LinkedIn ›

* With LinkedIn, you don't need to create a separate login to manage your free JD Supra account, and we can make suggestions based on your needs and interests. We will not post anything on LinkedIn in your name.
×
Loading...
×
×